quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Desabafo

Estou num dia não. Ontem não estava. Tudo começou depois da ida ao cinema. Mais uma discussão, mais ciumes, até dos amigos e depois diz: Que és pior do que eu pensava.

Estou seriamente a pensar em sair de casa por uns dias e ficar longe disto. Longe de ti. Depois ter um sentimento por outra pessoa que não sei sequer definir o que é, também não ajuda. Nem sei o que sinto por ti, quanto mais. Será que a chama se apagou de vez? será que vou conseguir tê-la de novo? Gostava de ter as coisas mais claras na minha cabeça.. Talvez o melhor é sair de casa por uns dias e depois decidir se realmente é melhor estarmos separados ou mesmo acabar com esta relação. Tu hoje mesmo o disseste que estás farto destas discussões, das desconfianças, de não nos lembrarmos de fazer o amor. Talvez seja melhor assim... Ficarmos uns tempos longe para realmente saber o que fazer melhor...

Simplesmente sem forças para sair de casa e voltar a casa dos pais. Voltar a fazer malas, ter de explicar, ter de me adaptar de novo a uma casa que já foi minha mas que já não sinto como sendo. O mais fácil é ficar aqui na nossa casa e fechar de novo os olhos... Qual estrada escolher?

12 comentários:

Azael disse...

...olha faças o que fizeres...faz de cabeça fria...aceita o conselho.

um beijo

jose disse...

Há 15 anos atrás também me aconteceu o mesmo e saí...mas foi muito mau...quando saires, sai, mas sem dúvidas.

Catarina Duarte disse...

Fechar os olhos e deixar as coisas "andar" nunca é a melhor solução, acabamos por nos magoar mais...


Beijo

Vânia disse...

Sai sem dúvidas mas sai... Não fiques à espera que ele saia para acabares com algo que já não existe há muito tempo...

Já fizeste tudo o que conseguias para reverter a situação? Já pensaste como seria sem ele? Já immaginaste a tua nova vida? E consegues ver-te mais feliz sem ele do que com ele?

Reflecte bem nisto tudo mas por favor... não arrastes uma decisão definitiva porque isso só te (vos) vai matando aos poucos.

P.S.- Não tens que voltar para aquele lugar onde já não pertences mais....De certeza que terás alguém que te apoie numa primeira fase até poderes "tocar a vida sozinha" Um beijo. Sorte e coragem...

Lisa disse...

Por mais complicado que seja, para mim a melhor solução é mesmo sair... se realmente ja não aguentas as discuções e tens duvidas quanto aos sentimentos, não ha muito a dizer...

Há momentos maus nas relações, mas por vezes, sair, afastar e pensar de cabeça fria e longe da pessoa faz bem.

Pode ser que seja um momento que passe, como pode ser o decissivo para uma nova etapa.

Mas ficar de braços cruzados é que não!!

Imperator disse...

escolhe a estrada correcta, liberta os teus pensamentos das razões lógicas, decide enquanto é tempo.

mas escolhe o caminho que tu sentes que é o correcto.

beijo provocante

^^ disse...

Conheço bem esse tipo de discussão e essa mesma encruzilhada entre duas pessoas..
Dei comigo a isolar-me para poder pensar, arrumar os sentimentos e a confusão à volta da minha cabeça e no meio disto senti amor, saudade, raiva, medo de perder algo. Sufocado acabei por respirar.
E de cabeça fria tomei decisões..

É isso mesmo que te aconselho. Respira.. e de cabeça fria pensa no que é melhor para ti.

Forcinha tá?

Anônimo disse...

Minha cara "admirada":

Pragmatismo.
È o melhor conselho que te posso dar!
Começa por olhar para ti.
Onde estás, como te sentes na vida em geral actualmente, quais são os teus desafios, quais são os teus desejos, em que sentido queres ir.
Deposi pensa onde é que se encaixa(ou não) o teu actual companheiro.
Chegarás depressa ás conclusões. Tenta reflectir e pensar calma e friamente.
Depois das conclusões decide.
Tenta perceber em tudo o que é que é "carne" e o que é "peixe".
Não te iludas ou vás pela solução mais facil que é a "fuga para a frente".
Enfrenta as coisas e sê sincera, primeiro contigo mesma e depois com o teu actual companheiro.
Vais ver que depois de este processo terminar, tudo vai ficar bem, mesmo que às vezes não pareça.

Força!

Um admirador teu...

PS- não sou ninguem que conheças. Podes acreditar.

Lisa disse...

Para animar um pouco tens um mimo no meu blog para ti!! ;)

Rapariga do Batom Vermelho disse...

Imagino que esta situação não esteja a ser nada fácil para ti... Procura encontrar um momento em que ambos estejam disponíveis para falar e não para se atacarem. O segredo está mesmo no diálogo... "É muito fácil falar", eu sei. Mas tenta... Fechar os olhos é que nunca é uma boa ideia.

Beijinho* e força!

Pekenina disse...

Isto sim... É um post muito endiabrado... Aiii
Já tens aqui um rol de conselhos.
Lê-os, mas decide por ti :)
Um beijinho grande de quem já tinha saudades de passar por aqui...

Refúgios disse...

Como sei dessas zangas e discussões... Tb ando perdida, sem saber q é melhor... Se vale a pena isto tudo... Bjinho e força