terça-feira, 9 de outubro de 2007

Nem sei...

Olá de novo!!

Já é terça...Realmente o tempo, passa mesmo depressa e temos de vivê-lo o mais intensamente possível, concordo, apesar de ser difícil. É difícil viver quando se está triste, quando se está em baixo... Infelizmente o meu fds, teve muitos altos e baixos. Quando o Miguel chegou, nem falamos, abraçamos-nos um ao outro e fizemos amor tão intensamente que parecia o não havia mais nada, mas depois de nos termos entregue um ao outro, voltamos à realidade. Tínhamos de ir jantar com o casal amigo, e Horácio, acredita que esses amigos, não creio que estivesse a fim de umas troquitas, acho que nem o Miguel. Fui até casa, vesti-me e fui de novo ter com o Miguel a casa dele. Fomos então para casa do casal. Durante todo o jantar, senti o Miguel longe, isto é, parecia que nem estivemos uma semana sem nos ver, depois a conversa no jantar não foi grande coisa, confesso que não fui uma grande companhia... Só depois de irmos sair e beber uns copos é que as coisas ficaram melhor, pois, ele estava com os copitos, então está sempre tudo bem.... Depois na sexta, não pude passar o dia com ele, pois uma amiga pediu-me ajuda, e digo-vos que à noite, não estava a fim de ir sair, mas o Miguel quis...queria sair com os amigos... Mal eu sabia que me ia fazer uma que ainda ando com ela aqui entalada na garganta. Saímos, com ele queria, só que estava cansada e resmungonada, não sei, as vezes dá para ficar assim. Então lá para as 4 já estávamos em casa. Quando estávamos quase a dormir, telefona-lhe um amigo que diz que precisava urgentemente da ajuda dele, pois tinha tido um acidente, opa, o que ele fez foi levantar e ir...Até ai nada contra, acho muito bem ele ter ido ajudar, eu até fiquei acordada à espera dele, até que o sono começa a pesar e adormeço. Quando acordo eram já 10 e tal e passado um pouco chega ele. Tinha estado a ajudar o amigo e depois foi para os copos com ele. Epa fiquei fula, uma pessoa à espera e depois nem diz nada! Não gostei.. sou sincera. E depois nem desculpa, nem nada! Passamos o fds sempre a pifar um com outro, a única coisa de bom foi termos feito amor feitos loucos. Zangados queríamos nos vingar no corpo do outro... isso sim foi maravilhoso, mas sinceramente, a cama não resolve tudo!! Agora apetece-me mesmo passar a semana sem o ver... Foi um fds com muitos terramotos, mas das duas maneiras, para o bom e para o mal! Na sexta quando saímos, consegui-me chatear de uma maneira que tive de ir para a casa de banho, restabelecer-me, chorar um pouco.... Estava super sensível... Altos e baixos.... Enfim... o que fazer? O que sentir? Sentir sinto, amor e ao mesmo tempo revolta.... sentimentos opostos!

7 comentários:

borrowing me disse...

faz parte
há dias assim...
gostei muito da visita ao teu blog

até já

Borboleta Endiabrada disse...

És sempre bem vinda!!

Beijinhos endiabrados

EXCITAÇÕES disse...

Não gosto de te ver assim! A vida é tua e tens obrigação (imperativa) de ser feliz.

Todos temos! Se o sabor na boca é amargo, vai à procura dum doce...

beijinhos doces

Borboleta Endiabrada disse...

Excitações, obrigado pelas tuas palavras de conforto. Amar tb é complicado... muito mesmo... vou tentar ser feliz...vamos ver!!

Beijinhos endiabrados

rocha suave disse...

Digamos que o amor não é fácil... existem muitos altos e baixos.. e temos que sabe lidar com eles... Conversando com a pessoa amada muitos dos problemas que surgem... são ultrapassados...

Beijos...

www.rochasuave.blogs.sapo.pt

Revoltoso disse...

Uma relação tem muito que se diga, há momentos bons e há momentos maus.
Que fazer? É deixar as coisas seguir o seu rumo

Beijo Revoltado

Borboleta Endiabrada disse...

rocha suave e revoltoso, concordo com vocês, o amor tem altos e baixos, temos é de conseguir dar a volta por cima!!

Beijinhos endiabrados