segunda-feira, 24 de setembro de 2007

Um fds recheado!!


Este fds foi realmente fantástico!Foi um fds in love, na companhia do Miguel e dos amigos. Diverti-me imenso, bebi uns copitos a mais e aproveitei para ver pessoas que já não via à algum tempo! Já há muito tempo que não me sentia assim tão bem, contente e feliz! Confesso que ate tenho medo que isto acabe depressa! Mas como diz uma amiga minha: " há que pensar em coisas boas". E digo-vos uma coisa, coisas boas aconteceram muitas. Senti que neste verão, talvez por estar a trabalhar e o Miguel também, andávamos os dois super irritados, e agora quando olho para trás, percebo o porquê de tanta discussão. Erramos os dois, é verdade, mas agora é necessário olhar em frente e lutar... Este sábado conversamos sobre isso, vimos que muitas das discussões tidas, não faziam sentido nenhum, acabamos por nos rir das estupidezes que tínhamos dito. Foi muito bom teremos falado, fez-nos bem!! Mas este fds, aconteceu uma coisa que me deixou um pouco surpreendida. Na sexta, foi jantar de gajas, amigas próximas! Decidimos-nos juntar, coisa que já não fazíamos à algum tempo... Tínhamos de pôr a conversa em dia! Depois de muita falarmos e já estarmos todas um pouco tocadas pelo vinho, começamos a falar de sexo! é um tema ao qual não faço tabu e não tenho problema nenhum em falar disso com as minhas amigas que conheço à anos, até acho que seja saudável. Sou aquela pessoa que costuma apicaçar e fazer aquelas perguntas que todas pensamos mas que nunca perguntamos.Por vezes, até penso que devem ficar com uma ideia minha de taradona. Até que quando a J. ( não vamos estar a criar problemas para rapariga) nos diz que não sente falta de sexo. Eu fiquei chocada... Perguntei-lhe logo como era possível ela não sentir falta,e se para ela fazer sexo era obrigação. Disse que não era obrigação, mas que se não acontecer também não procura... Epa, fiquei sem palavras! Como é possivel?? Quando, eu fico sem fazer amor com o Miguel parece que subo às paredes. Já a semana passada, fiquei sem fazer amor, cinco noites, fiquei tao fula... Apesar de termos tidos umas sessões! Mas mesmo assim eu queria era mais,andava completamente esfomeada, só que o Miguel andava super cansado, até se deixava dormir a ver tv. Nem sei explicar, como é que a J. consegue dizer e sentir isto? Já me tinha apercebido que apesar de estarem juntos à algum tempo, a vida sexual deles não é das melhores! não sinto aquele clima de sedução e tesão entre eles. Mas mesmo ao ter nos dito esta inconfidência connosco, sente-se que é extremamente reservada ao falar de sexo... Confesso que falar com ela deste tema, não me deixa muito confortável, pois parece que ao estarmos a falar, essa pessoa não entende o que estamos a dizer... Será que existem tantas mulheres que não tiram partido do seu corpo, que nunca sentiram um orgasmo, que se sentem tão inconfortáveis a falar de uma coisa tão natural como o SEXO???

18 comentários:

Noivo disse...

Certamente que há! Tamos cheios de muitos exemplos!

Folha de Outono disse...

infelizmente há mulheres com muitos preconceitos e tabus, nomeadamente relativo à sua vida sexual, no entanto também acho que muito se deve aos companheiros, por não haver incentivo, por não haver o àvontade suficiente para que ambos se entreguem de forma despreocupada, para conversarem sobre as suas fantasias, vontades e desejos e vontade de explorar ambos os corpos, e aí sim poder gozar plenamente do SEXO e sentir falta ao ponto de trepar pelas paredes.

bjs

Borboleta Endiabrada disse...

noivo, infelizmente....;(

Beijinhos endiabrados

Borboleta Endiabrada disse...

folha de outono, é pena que isso aconteça, pois é maravilhoso poder disfrutar de um orgasmo e fazer amor com o nosso parceiro!

Beijinhos endiabrados

2 gajas super mega ri idiotas disse...

Hummmm, essa tua amiga às tantas transforma-se depois da meia-noite e dá umas grandes verdascadas com o chicote no companheiro...

Bjs
Borboleta azul

PS-fico feliz por estar tudo bem e esclarecido com o Miguel ;)

Salve Jorge disse...

Ao Miguel o féu
A J.J uma derrota...

CatWorld disse...

infelismente ainda há muitas mulheres assim!
em que o sexo é tabu e certas coisas sao pecado!
mas culpo os dois lado!
pq acredito piamente que o homem faz a mulher e a mulher o homem!
beijoca!

"Minhas Lindas" disse...

Pergunta intrigante a sua Linda...Que tal abordarmos esse tema no nosso blog tb?

Bjkas e o blog tá lindo!

Revoltoso disse...

Ainda somos um país cheio de preconceitos, um sexo é um deles
Meus amigos. Devemos acabar com o preconceito do sexo.

Beijos e abraços revoltados

Xano disse...

infelizmente... sabes, eu, por exemplo, não ligo ao chocolate nem me satisfaz como as outras pessoas... mas se a Nadia não tiver um chocolate para comer no final da noite, passa-se... acho que é mais ou menos isso...

mas também pode ser que eles não se dão bem no sexo... ou uma ou outra parte não ser nada de especial no sexo... tipo coelho... "ai é tão bom, não foi?"

bjo

Horácio Lobo disse...

Por estes lados foi esta segunda-feira que foi mais animada! LOL!!!
Jantar de gajas??? Medo!!!

O amor é fodido disse...

há muitas sim... é pena porque acabem por não perceber o que há de tão especial em fazer amor ou sexo.. o que lhe queiram chamar..

Ou não se esforçam por conhecer mais de si ou do seu parceiro, ou a culpa é mesmo do menino que não sabe o que fazer a uma mulher... é dificil julgar sem conhecer

beijos

Refúgios disse...

Acho que as mulheres para se soltarem precisam que o parceiro tb se solte e puxe por elas. Por isso e infelizmente muitas mulheres não têm sorte no parceiro...

Charlie disse...

Há muitas mulheres com esse perfil, com essa postura de "seriedade" perante si mesmas. Recalcando algo que é além de natural, indispensável ao equilíbrio psicológico e bem estar consigo e com o mundo. O que mais impressiona é que essa postura lhes é imposta na educação por outras mulheres, também elas fruto da negação de si mesmas. A repressão sexual transmite-se como valor e norma de conduta de mães para filhas até que haja uma que se liberte do circulo limitador e castrador. Falar consigo mesmo, com o nosso corpo, entender e pesquisar é a aventura maravilhosa da descoberta que se quer uma viagem sem fim.
E há tanta gente juntinho à água de costas voltadas ao apelo do mar....

João disse...

Olá querida borboleta (espero que o teu mais que tudo não fique com ciumes é uma forma de falar)
Sim acho que existem mulheres que não disfrutam do seu próprio corpo e que não entendem que alem de perderem elas fazem com que a pessoa que anda com elas também perca pois qdo um não disfruta perdem sempre os dois.
Beijinhos

Marquês disse...

Ou será que o homem ainda não lhe tocou nos sítios devidos...tens de convidá-la para a alcova...

Lobo Urbano disse...

Olá Borboleta,
pois acredita que existem ainda muitas mulheres (mais do que deveria) para as quais o sexo é assunto proibido ou tema a não discutir. Porem não te deixes enganar mesmo por aquelas que por vezes falam, pois por vezes tambem é só conversa. Valha-nos que existe o reverso da medalha, mulheres que descobriram que o sexo é a cura para muitas doenças, tal como tu.
Fico satisfeito que as coisas tenham melhorado.
Beijos Uivantes

Sexhaler disse...

Tempo.
Às vezes não é o tempo certo, só isso. Outras perde-se o tempo e não se encontra a vontade. Se fosse eu dizia-lhe só "conhece-te a ti própria para te poderes dar a conhecer aos outros".

Beijo